Início BACANA NEWS Polícia Militar garantiu segurança no RExPA

Polícia Militar garantiu segurança no RExPA

Compartilhar
As ações de segurança referentes ao clássico entre Remo e Paysandu, na tarde deste domingo, em Belém, seguem garantindo a ordem e a segurança dos torcedores e moradores da capital e Região Metropolitana de Belém (RMB). Até às 16h deste domingo (11), nenhuma ocorrência grave foi registrada. Um princípio de tumulto entre membros de torcida organizada, dentro de um ônibus que transitava pela avenida Senador Lemos, no bairro Sacramenta, chamou a atenção das guarnições da Polícia Militar, que de imediato interveio prevenindo um possível confronto. Os envolvidos foram revistados e liberados. FOTO: ASCOM / PMPA DATA: 11.03.2018 BELÉM - PARÁ

As ações de segurança referentes ao clássico entre Remo e Paysandu, na tarde do domingo, em Belém,  garantiram a ordem e a segurança dos torcedores e moradores da capital e Região Metropolitana de Belém (RMB). Nenhuma ocorrência grave foi registrada.

Um princípio de tumulto entre membros de torcida organizada, dentro de um ônibus que transitava pela avenida Senador Lemos, no bairro Sacramenta, chamou a atenção das guarnições da Polícia Militar, que de imediato interveio prevenindo um possível confronto. Os envolvidos foram revistados e liberados.

Durante as ações preventivas, seis motos roubadas foram recuperadas e uma arma de fogo apreendida no bairro do Guamá.

O reforço no policiamento no domingo contou com 952 policiais militares. Somente na área do Estádio do Mangueirão, 808 PMs garantiram a segurança dos torcedores e 144 trabalharam no acompanhamento e controle dos membros de torcidas organizadas.

Para garantir o melhor fluxo de informações e deliberações estratégicas a cerca da operação, foi montado um Centro Integrado de Comando e Controle, na sede do Corpo de Bombeiros.

“Essa sala de situação foi criada para viabilizar a melhor gestão das operações desenvolvidas pelas agências do sistema de segurança pública e municipais”, afirmou o coronel Marco Antônio Rocha, chefe do Departamento Geral de Operações da Polícia Militar.

O reforço no policiamento seguiu até o final da noite do domingo.