Início BACANA NEWS China teme nova onda de infecções e propõe novas medidas a pessoas...

China teme nova onda de infecções e propõe novas medidas a pessoas assintomáticas

Compartilhar
FONTE: MONEYTIMES

Boletim Internacional

Por Kaliu Andrade – Fonte: Reuters

A partir de amanhã (01), a China começará a divulgar as informações sobre os pacientes assintomáticos de Coronavírus. A intenção é deixa-los em casa de quarentena por 14 dias, foi o que informou um funcionário da saúde logo após o registro do primeiro aumento de infecções em cinco dias.

FONTE: R7

A preocupação na China agora e com os novos casos que surgem a partir do retorno de viajantes para o país e ainda sobre os portadores do vírus e que não apresentam sintomas.

Por este motivo, a partir de amanhã, o relatório diário da Comissão Nacional de Saúde incluirá detalhes de tais casos pela primeira vez. E as pessoas em contato próximo com os contaminados sem sintomas, ficarão em observação por 14 dias.

Admissões em faculdades serão adiadas

 Ontem (30), foram 48 novas infecções que superaram as 31 do dia anterior, revertendo a queda de infectados no País. De acordo com informações oficiais, estes casos foram importados, muitos deles estudantes vindos do exterior, elevando os números de infectados para 771.

Diante destes novos números, a China atrasará os exames de admissão das faculdades em um mês, até 7 e 8 de julho. A província de Hubei, onde o vírus surgiu no final do ano passado, e a capital,  Pequim, terão uma margem maior de manobra nesta programação. O teste anual atraiu mais de 10 milhões de candidatos no ano passado.

Números atualizados:

Ontem (30), o total de infecções na China continental (excluindo-se Hong Kong e Macau) era de 81.518 e 3.305 mortes. Destes casos, os pacientes sem sintomas sob observação totalizavam 1.541, com 205 dos casos vindos do exterior.