Início BLOG DO BACANA Ônibus em percentuais

Ônibus em percentuais

Compartilhar

ÔNIBUS EM PERCENTUAIS

Nos últimos dias tem sido alardeado um número de ônibus urbano que fica “no prego”.

O Bacana News foi atrás de números e chegamos a seguinte conclusão:

Circulam cerca de 2 mil ônibus diariamente, em ruas esburacadas e alagadas, (ruas que causam danos constantes em carros de passeio de apenas 4metros e pouco mais de 1 tonelada, agora imagina em ônibus com cerca de 14 metros e cerca de 16 toneladas de peso). Se realmente 35 ônibus apresentarem problemas mecânicos isso representaria 1,8% do total.
Será realmente que isso é muito?

Parece óbvio que qualquer equipamento que funcione diariamente vai apresentar problemas! Ainda mais com essas ruas de primeiro mundo que temos por aqui.

Vamos refletir sobre isso.

Outro assunto foi o reajuste das tarifas.
Apesar do custo para as empresas de ônibus ser hoje calculado em R$3,95 por passagem, o Conselho de Transporte só aceitou R$3,60.
Será que com isso as empresas vão conseguir renovar a frota?
São considerações que merecem análise, pois primeiro nenhuma empresa pode deixar de ter a sua remuneração de capital para se manter, segundo porque Belém ainda oferece gratuidades para idosos, deficientes físicos e muitos outros e também a meia passagem para estudantes, e esse custo acaba sendo absorvido, mesmo de forma pequena, pela população que paga a passagem inteira e pelas empresas de transporte público.

Certamente manter frotas de ônibus circulando por uma das cidades que possuem o maior nível de buracos no asfalto e de alagamentos no país, causa transtornos e prejuízos, mas não apenas para a população, mas principalmente para as empresas de ônibus.

Se tivéssemos uma cidade com estrutura mais decente como Goiânia, Campo Grande, Brasilia, Fortaleza, a realidade seria diferente. Mas em Belém não é fácil não.
E até as mangueiras da cidade sabem .