Início BACANA NEWS Embraer registra lucro de R$ 26,1 milhões no 2º trimestre

Embraer registra lucro de R$ 26,1 milhões no 2º trimestre

Compartilhar

Foto: Embraer/Divulgação

Por VEJA.com

A Embraer registrou um lucro líquido atribuído aos acionistas da empresa de 26,1 milhões de reais entre abril e junho deste ano. No mesmo período de 2018, a empresa havia registrado prejuízo de 485 milhões de reais. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 14, no balanço trimestral da companhia.

Segundo informou a Embraer, este é o primeiro lucro trimestral registrado desde o 4° trimestre de 2017. No 1º semestre, entretanto, a empresa ficou no vermelho, com prejuízo de 134,7 milhões de reais.

A receita líquida da Embraer mostrou alta de 19,4%, passando de 4,523 bilhões de reais no segundo trimestre de 2018 para 5,402 bilhões de reais.

De acordo com a companhia, impostos resultantes de ganhos ou perdas em ativos não monetários – contabilizados no fluxo de caixa consolidado – totalizaram 160,8 milhões de reais no segundo trimestre de 2018, 83,7 milhões de reais negativos no segundo trimestre de 2019 e 69,1 milhões de reais também negativos no primeiro trimestre deste ano. Além disso, o critério também exclui o impacto pós-imposto da provisão relacionada a itens especiais, que somou 302,8 milhões de reais no segundo trimestre de 2018 – neste ano, não houve reconhecimento de itens especiais no balanço da companhia.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) totalizou 259,6 milhões de reais no segundo trimestre, alta de 98,5% frente aos 130,8 milhões de reais registrados um ano antes. O resultado operacional (Ebit) atingiu 101,1 milhões de reais positivos, ante resultado negativo de 92,4 milhões de reais reportado um ano antes.

Entre abril e junho deste ano, a fabricante entregou 26 aeronaves comerciais e 25 executivas (19 jatos leves e seis grandes), comparado aos 28 jatos comerciais e 20 executivos (15 leves e cinco grandes) entregues um ano antes. Ao final do trimestre, a carteira de pedidos firmes atingiu 16,9 bilhões de dólares acima dos 16 bilhões de dólares vistos ao final de março. “A Embraer atingiu book-to-bill acima de 1 vez em todas as suas unidades de negócio, liderado pelas vendas no segmento de Aviação Executiva” destaca a empresa.

No balanço, a fabricante brasileira desta que, a partir de 26 de fevereiro deste ano, os resultados de Aviação Comercial e serviços relacionados passaram a ser apresentados como operações descontinuadas, devido à aprovação dos acionistas da parceria estratégica entre a Embraer e a Boeing. “É importante ressaltar que a Companhia continua a apresentar seus resultados financeiros com 100% dos ativos, passivos e resultados financeiros do segmento de Aviação Comercial e seus serviços relacionados, e as estimativas financeiras e de entregas da Embraer para 2019 permanecem baseadas nessas premissas”, diz a empresa.

(Com Estadão Conteúdo)