Início BACANA NEWS Wlad fala o que quer e é duramente rebatido

Wlad fala o que quer e é duramente rebatido

Compartilhar

O discurso do deputado Wladimir Costa (SD-PA) no dia de votação da denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), quarta-feira passada (12) ainda continua rendendo.

Depois de virar piada e alvo de memes nas redes sociais, agora foi a vez do cantor Caetano Veloso criticar as declarações de Wlad.

O deputado chamou Glória Pires de “puxa saco do PT” e ainda atacou o marido da atriz, o cantor Orlando Morais. “Ela sustenta aquele marido dela que nunca fez sucesso na vida dele. Que o bicho é ruim pra cantar, já tentou de tudo, mas o bicho é ruim pra cantar”, disse. Caetano não gostou nada e defendeu o casal. “O que? [Orlando] Canta bem, toca piano, é da música e era rico antes de conhecer Glorinha. Glorinha nunca pensou em ter uma vida tão rica quanto tem porque casou com Orlando”, disse Caetano, lembrando que a atriz “nunca foi puxa-saco do PT”. “De onde foi que ele tirou isso?”, questionou o baiano.
Durante a sessão do CCJ, Wladimir Costa dividiu os deputados de oposição em “Temeromofóbicos” e “Temerenrustidos”, desferindo críticas pessoais a alguns deles, inclusive chamando o relator, Sergio Zveiter (PMDB-RJ), de “burro e desqualificado”.

“Eles só falam de Temer, Temer, Temer. Isso é um ‘Temeromofóbico’. Os ‘Temerenrustidos’ amam o Temer, aplaudem o Temer, mas ficam um pouco mais tímidos por causa do partido”. Ele ainda disse que os deputados deveriam lavar a boca antes de falarem do presidente.

Wlad também atacou a deputada Luiza Erundina (PSOL-SP), chamou-a de “menos nobre”. Disse que a deputada Maria do Rosário (PT-RS) está “bastante melecada em vários casos” e, ao falar do passado pobre da deputada Benedita da Silva (PT-RJ), disse que ela “teve que usar calcinhas de plástico”.

“Nunca conversei com ele sobre as minhas calcinhas”, reagiu Benedita.

Mas não para por aí . O colunista Ancelmo Góis foi além, é escreveu em sua coluna em O Globo;
O filósofo Umberto Eco (1932-2016) disse que as redes sociais deram voz aos idiotas — a transmissão pela TV dos debates na Câmara, também. Veja o deputado Wladmir Costa — considerado um fora da lei pelo TRE do Pará, que chegou a cassar o seu mandato — na CCJ.
E disse mais ; Em tempo: Wladimir, antes de ser político, tentou a carreira de cantor.

Mas faltou plateia. Optou, então, pela carreira de… pulha

Com informações do DOL e O Globo