Início BLOG DO BACANA Trabalho do SENAI contra o coronavírus é reconhecido por presidente da WorldSkills

Trabalho do SENAI contra o coronavírus é reconhecido por presidente da WorldSkills

Compartilhar

Foto: Reprodução

Por Agência CNI de Notícias

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) está desempenhando um papel importante no combate ao coronavírus no Brasil. Produção de equipamentos de proteção individual (EPI) e manutenção de respiradores mecânicos são algumas das ações organizadas pela instituição de ensino. De olho nesse trabalho dos técnicos do SENAI, que muitas vezes também são competidores e instrutores da maior disputa de profissões técnicas do mundo, o presidente e o CEO da WorldSkills elogiaram o trabalho da instituição.

No conteúdo publicado no site da competição, Chris Humphries, presidente da WorldSkills, e David Hoey, CEO, citam a produção de protetores faciais (face shields) e outros esforços elaborados com a expertise dos laboratórios do SENAI. Para eles, a instituição é “verdadeiramente inspiradora para todos no campo da educação técnica”.

A participação do Brasil na competição 

Realizada a cada dois anos, a WorldSkills é a maior competição de educação profissional do mundo e ocorre há mais de seis décadas. Os melhores alunos de países das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul disputam medalhas em modalidades que correspondem às profissões técnicas da indústria e do setor de serviços. Os competidores precisam demonstrar habilidades individuais e coletivas para responder aos desafios de suas ocupações dentro de padrões internacionais de qualidade.

A primeira medalha do Brasil, uma prata na ocupação de Tornearia, foi conquistada em 1989, na Inglaterra. A melhor participação brasileira na história do campeonato foi em São Paulo, em 2015, na qual foram conquistadas 27 medalhas, fazendo do país conquistar o 1º lugar geral em pontos na disputa. Em 2017, a delegação também mostrou sua garra e manteve o país no pódio, conquistando o segundo lugar geral com 15 medalhas, em Abu Dhabi. Atualmente, o Brasil está com 110 medalhas.