Início BACANA NEWS Secult lança edital para 1ª edição do Projeto Parque Criativo

Secult lança edital para 1ª edição do Projeto Parque Criativo

Compartilhar

Foto: Divulgação

Democratizar o acesso às programações culturais e artísticas, dialogando com ações de empreendedorismo criativo e fortalecendo a identidade cultural e a iniciativa da sociedade, é o que pretende o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), ao lançar nesta sexta-feira (12) o Edital de Seleção que regulamenta o credenciamento de Empreendimentos Criativos do Pará, para participação da 1ª Edição do Projeto Parque Criativo. Esses empreendimentos são atividades produtivas que, a partir da criatividade, geram um produto, bem ou serviço, com valor determinado por sua dimensão simbólica, resultando em riqueza cultural, econômica e social.

De acordo com a secretária de Estado de Cultura, Ursula Vidal, é preciso estabelecer critérios para acessar recursos públicos, e a política de editais é o caminho democrático para isso. “Precisamos cadastrar e identificar os empreendimentos criativos culturais e fortalecer o desenvolvimento das mais diversas cadeias produtivas, sem perder de vista seus desdobramentos no fortalecimento das potencialidades regionais”, ressaltou a secretária.

Estratégia – A iniciativa integra o Programa Cultura Por Todo o Pará, uma estratégia de desenvolvimento de políticas públicas de educação patrimonial, histórica, ambiental e artística, que utiliza todas as linguagens e expressões para promover o enraizamento, ampliação e permanência de iniciativas e projetos de promoção social em territórios de vulnerabilidade social. A 1ª edição do Projeto Parque Criativo será no próximo dia 11 de maio, das 09 às 17 h, no Parque da Residência, em Belém.

O edital visa cadastrar e identificar empreendimentos criativos que tenham três vertentes: a utilização de matérias-primas sustentáveis amazônicas na composição de, no mínimo, 80% dos produtos, e o “diálogo com a cultura local”, já que a economia criativa brasileira deriva da ambiência e riqueza da diversidade cultural do país. Neste sentido, os empreendimentos criativos deverão dialogar diretamente com comportamentos e expressões que colaborem para a disseminação e valorização da cultura amazônica.

A terceira vertente é a “inclusão social”, pois a ampliação de acessos no combate à violência, analfabetismo, racismo e qualquer outro tipo de preconceito e exclusão está intrinsecamente ligada às atividades voltadas à economia criativa. Desta forma, a efetividade de políticas de inclusão produtiva prioriza quem se encontra em situação de vulnerabilidade social, por meio da formação e qualificação profissional, e da geração de oportunidades de trabalho e renda.

Serão selecionados 40 empreendimentos, distribuídos entre os setores moda (vestuário e acessórios), artesanato, paisagismo/ botânica e alimentação.

Quem pode participar – Poderão participar do credenciamento pessoas físicas e jurídicas ou MEI (Microempreendedor Individual), cujo ramo de atividade seja compatível com o regulamento, e profissionais representados por uma pessoa jurídica ou MEI.

Os 40 selecionados deverão participar, com até 75% de presença, de cursos de qualificação em marketing, precificação, atendimento e institucionalização em cooperativas, ofertadas pelos parceiros Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e Sistema OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras).

Inscrição – As inscrições são gratuitas, no período de 15 a 25 de abril de 2019, e poderão ser efetivadas pela internet, via e-mail secult.credenciamento4@secult.pa.gov.br. No e-mail de encaminhamento da inscrição deve vir escrito EDITAL DE SELEÇÃO Nº 04. Todos os documentos solicitados deverão ser preenchidos e digitalizados, para envio.

Caso o candidato prefira realizar a inscrição por via postal, sua inscrição e documentos impressos deverão ser enviados em envelope único, com aviso de recebimento obrigatório (AR) simples.

A inscrição também pode ser feita de modo presencial, no protocolo da Secult, na Avenida Magalhães Barata, 830, bairro de São Braz, das 09 às 16 h. É imprescindível que, antes de iniciar os procedimentos de inscrição, os interessados leiam o edital, que pode ser baixado diretamente no site da Secretaria, http://www.secult.pa.gov.br/. Mais informações pelo telefone (91) 4009-8462.

Com informações da Agência Pará e da Secult