Início BACANA NEWS Rodada de negócios aproxima empresas paraenses da Ásia

Rodada de negócios aproxima empresas paraenses da Ásia

Compartilhar

Foto: Divulgação

Com o objetivo de aumentar o comércio entre o Pará e a Ásia e diversificar a pauta de exportação, foi realizada no dia 10 de junho, uma Rodada de Negócios promovida pelo Centro Internacional de Negócios (CIN/FIEPA). Representando a indústria paraense participaram empresas e sindicatos filiados à FIEPA dos setores de pesca, carne, couro, óleos, suco de frutas, entre outros.

De janeiro a junho de 2019, o Pará exportou US$ 4.652 bilhões para os países da Ásia, representando uma participação de 64,29% nas exportações paraenses. Os principais produtos exportados do Pará para o continente são minérios (ferro e manganês) e soja.

Durante a rodada de negócios a Ásia foi representada pela World Trade Foods & Beverage, uma empresa especializada na compra de proteína animal, mas que atualmente busca diversificar a cesta de produtos importados do mundo todo. “A gente veio ao Pará buscar matérias primas e o próprio produto acabado para países como Japão, China, Coreia. Fiquei muito impressionado com o que vi, especialmente no que chamamos de “produtos únicos”, que tem a Amazônia como destaque, especialmente nesse momento em que o mundo busca produtos saudáveis, naturais e orgânicos. Foi um evento tão bom que já estou querendo planejar a próxima viagem pra cá”, disse Ricardo Diniz, sócio da World Trade Foods.

Entre os participantes do evento esteve a Fortefrigo, empresa de Paragominas que atua no ramo de frigorífico. “Hoje já exportamos para Cingapura, Vietnã e Hong Kong porque só os mercados local e nacional não conseguem absorver toda a nossa produção. Agora queremos expandir para outros países como a China, onde já demos entrada na autorização para exportar e um parceiro como a World Trade Foods pode facilitar essa abertura de mercado”, disse Thiego Mendes, proprietário da empresa.

Outra participante foi a empresa Nayah Sabores da Amazônia, uma startup com foco em produtos de cacau, chocolate e similares. “Participar de uma rodada de negócios como essa é uma oportunidade de abrir o mercado internacional. Apesar de hoje investimos no mercado nacional, com participação de feiras e eventos, já tivemos algumas exportações pontuais e temos uma linha inteira aprovada pela legislação americana, por exemplo”, explicou Ana Celeste Ferreira.

Para Cassandra Lobato, coordenadora do CIN Pará, a Rodada de Negócios buscou também fortalecer a missão da instituição, no apoio e defesa da indústria paraense no seu processo de internacionalização, fomentando negócios para os setores estratégicos no Estado em diversos mercados-alvo. “Hoje o CIN é a referência na promoção comercial internacional da indústria paraense e com toda a expertise obtida ao longo dos anos, nossa expectativa é que as negociações cheguem à no mínimo US$ 1 milhão FOB somente nesta rodada de negócios”, detalhou a coordenadora.

Agenda – A programação da World Trade Food Beverage no Pará foi elaborada pelo Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (CODEC), que em parceria com o CIN/FIEPA vem realizando um trabalho de ampliação de mercados internacionais para a indústria paraense. Além da Rodada de Negócios na FIEPA, a World Trade Foods Beverage também participou de reuniões na CODEC e na Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (FAEPA) e realizará na quarta e na quinta-feira visitas às indústrias locais de pesca, polpa de fruta e carne.

De acordo com dados da World Trade Food Beverage, a Ásia já concentra 60% da população mundial, um grande mercado consumidor de carne, cujo crescimento nesse segmento será de 12% nos próximos 10 anos.

Fonte: Sistema FIEPA