Início BACANA NEWS Polícia Civil realiza a maior apreensão de cocaína da história do Pará

Polícia Civil realiza a maior apreensão de cocaína da história do Pará

Compartilhar

Foto: Ascom / Policia Civil

Com informações da Polícia Civil do Pará

A Polícia Civil, por meio da Superintendência da Região Metropolitana, deu seguimento à operação “Narcos II”, na segunda-feira (17), e apreendeu mais de uma tonelada de cocaína em um sítio localizado em Mosqueiro, distrito de Belém. Na tarde do domingo (16), policiais civis já tinham apreendido uma tonelada da droga no mesmo local. Ao todo, foram interceptadas mais de duas toneladas de entorpecentes.

“Nós retornamos lá, que é um local de difícil acesso, só que, dessa vez com três cães farejadores. Pedimos apoio da Guarda Municipal e animais foram encontrando as drogas. Encontramos muita cocaína lá mesmo e, além disso, apreendemos também uma moto e documentos após o juiz deferir mandado de busca e apreensão na casa de um dos elementos que foi preso” – delegado Marco Antônio Duarte, diretor de Polícia Metropolitana.

“Foi feito um serviço de busca com o cachorro em toda a mata. O local é de difícil acesso. Quando chegamos lá o trabalho do cão foi especificamente para fazer um mapeamento das buscas. Um dos cães localizou uma boa parte do material apreendido”, relatou Marcelo Lobo, sub-inspetor da Guarda Municipal de Belém.

Duas pessoas foram presas em flagrante durante a ação de domingo, Luis Evito dos Santos Carvalho e o peruano James Tamuana Schika. Tamuana foi preso pela Polícia Federal em 2009. Ele foi condenado pela Justiça Federal brasileira a 29 anos de prisão por tráfico de drogas e formação de quadrilha e estava foragido.

As investigações sobre o caso continuam. “Está é a maior apreensão de substância entorpecente na modalidade cocaína no Estado. Nós temos 30 dias pra concluir o inquérito. A nossa missão agora é identificar outros envolvidos neste caso de tráfico e pra onde a droga seria encaminhada. Sem dúvidas, isso vai diminuir sobremaneira a criminalidade porque o tráfico agrega uma série de outros crimes. Nós temos aqui pelo menos R$ 50 milhões em drogas.