Início BACANA NEWS Número recorde de médicos pode gerar futuros problemas no país

Número recorde de médicos pode gerar futuros problemas no país

Compartilhar

Quando 130 novas faculdades de medicina estiverem funcionando (o país passou, em cinco anos, de 200 faculdades, o que já era considerado um número elevado, para 330), o Brasil terá em breve um milhão de médicos no mercado de trabalho que enfrentarão reduzidas vagas para residência. Hoje, já não há residência para mais que 60% dos que se formam. E apenas a faculdade de medicina por si só não consegue prepara alguém para o mercado. Para Raul Cutait, integrante da comissão formada pelo MEC para avaliar o ensino de medicina no país, não adianta ter médicos que não saibam resolver problemas elementares.

Exame nacional
A comissão formada pelo Ministério da Educação para avaliar o ensino da medicina no Brasil, defende a implantação de um programa de acreditação das faculdades e de um exame nacional de proficiência obrigatório para todos os médicos. Ou seja: um exame tipo OAB para os recém-formados. O lobby das faculdades particulares batalha dia e noite contra essa possibilidade.