Início BACANA NEWS Narrada por protagonistas, ‘Amor de mãe’ terá retrospectiva

Narrada por protagonistas, ‘Amor de mãe’ terá retrospectiva

Compartilhar
Foto: João Cotta/Globo

A novela “Amor de Mãe” voltará à grade da Globo na próxima segunda-feira (1º), um ano após ser paralisada, mas sem episódios inéditos ainda. A emissora fará uma espécie de retrospectiva para recordar tudo que aconteceu na primeira fase. Para a autora, Manuela Dias, um momento “não só de relembrar, mas também sentir”. Segundo Dias, será mais do que uma reprise.

As próprias protagonistas, Lurdes (Regina Casé), Thelma (Adriana Esteves) e Vitória (Taís Araujo), irão narrar suas trajetórias na trama até o momento em que foram interrompidas pela pandemia. Com isso, “virou um híbrido com coisas que a gente viu e o que a gente nunca viu”, diz ela.

“São 12 capítulos de meia hora, então foi um superdesafio condensar 103 capítulos em 12 de meia hora, mas acho que o público não vai ter uma sensação de retrospectiva. Acho que vai ser muito legal para as pessoas”, afirmou a autora em conversa online com a imprensa na quinta-feira (25). A novela, que foi a primeira a ser suspensa pela emissora por causa da pandemia, em março do ano passado, será também a primeira a retornar.

Nas duas primeiras semanas, com esses episódios especiais e ainda dividindo o horário com a reprise de “A Força do Querer” (Globo, 2017). A partir de 15 de março começam os inéditos. A novela voltará inclusive com um personagem novo: a pandemia. Segundo Dias, “a Covid vai entrar como aconteceu na nossa vida.

A doença chega afetando todo tipo de gente, não respeita barreira social e as pessoas reagem a ele como a gente estava reagindo, lidando com o desconhecido, com medo, usando máscaras”. As gravações foram retomadas em setembro do ano passado, com um protocolo rígido de segurança, com testes periódicos para detectar possíveis contaminações pela Covid-19 e até mesmo com o isolamento do elenco em hotéis.