Início BACANA NEWS Não foi o jornalismo que perdeu, foi o país.

Não foi o jornalismo que perdeu, foi o país.

Compartilhar

O jornalismo perdeu com a morte de Ricardo Boechat?
Muito.
Mas o país perdeu muito mais.
Porque o Boechat tinha vantagens; cultura, poder de raciocínio rápido, democratização das críticas, humor, faro pra notícia.
E isso significava que ele conseguia ser uma voz contundente e qualificada para criticar os desmandos do país, sejam eles de grandes empresas, de políticos, da esquerda pra direita e da direita pra esquerda.
Não tinha um desmando que não fosse falado por ele.
Existem outros assim?
Sim.
Mas nenhum com a áurea de respeitabilidade que ele conseguiu conquistas ao longo da carreira, nenhum que ia do humor a contundência tão facilmente, nenhum multimídia que se dava bem em todas as plataformas. Nenhum outro Boechat.
Morreu o maior jornalista do país na atualidade.
Em tempos sombrios, fará uma falta imensurável.