Início BACANA NEWS Justiça afasta diretoria da Aneel após crise de energia elétrica no Amapá;...

Justiça afasta diretoria da Aneel após crise de energia elétrica no Amapá; população sofre

Compartilhar

Foto: Rudja Santos/Amazônia Real/Divulgação

O afastamento da atual diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e também dos atuais diretores do Operador Nacional do Sistema (ONS), foi determinado pela Justiça Federal do Amapá, nesta quinta-feira, 19.

Afastados por 30 dias, a medida busca evitar que os gestores interfiram na apuração das responsabilidades pelo apagão que atinge o Amapá há 17 dias.

O afastamento acontecerá quando os diretores forem notificados formalmente da decisão. O estado sofreu dois blecautes totais: um no dia 3, que levou 4 dias para ter o fornecimento retomado.

O outro, na última terça-feira (17), que foi ajustado em cerca de 5 horas. Houve atuação negligente da Aneel, do ONS e da empresa Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE), diz a decisão.

Isso sobre a necessidade de conserto de um dos três transformadores de energia elétrica da Subestação Macapá, que demandava reparos urgentes desde o final do ano de 2019.

Em nota, a Aneel disse que respeita a decisão mas que “ações como essa acabam gerando ruído e prejudicando os trabalhos”. Também em nota, o ONS declarou “que, após a notificação, tomará as medidas judiciais cabíveis para reverter a decisão”.