Início BACANA NEWS Homicídios caem no Pará nos primeiros 100 dias de Governo Helder

Homicídios caem no Pará nos primeiros 100 dias de Governo Helder

Compartilhar

Foto: Elielson Modesto/Agência Pará

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup), apresentou dados que apontam uma queda dos homicídios durante os 100 dias da gestão do governador Helder Barbalho.

O número de homicídios registrou redução de 23% nos casos, no Estado, nos 100 primeiros dias de gestão da segurança pública, em comparação ao mesmo período de 2018. Os índices representam a preservação de 239 vidas, visto que o número deste tipo de crime reduziu de 1.038 no ano passado para 799 ocorrências este ano. Essa é a terceira redução mais significativa registrada no número de homicídios nos 100 primeiros dias desde 2010.

Em se tratando da Região Metropolitana de Belém, este é o ano que apresentou maior redução no número de homicídios no comparativo dos 100 primeiros dias dos últimos dez anos, perdendo somente para os anos de 2011 e 2012.

Já em Belém, os primeiros 100 dias de 2019 computaram diminuição de 32% nos casos de homicídios em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 217 ocorrências no ano de 2018 para 148 ocorrências neste ano, apresentando a preservação de 69 vidas. Ao comparar os 100 primeiros dias dos últimos dez anos, em Belém, 2019 demonstra a segunda melhor taxa de redução desde 2010, perdendo somente para o ano de 2012.

Nos casos de roubos, no Pará, os 100 primeiros dias computaram uma redução de 28%, com 9.449 casos a menos neste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Os registros apontam 33.638 ocorrências em 2018 e 24.189 em 2019. Essa é a melhor taxa de redução de roubos comparando todos os primeiros 100 dias desde 2010.

Em relação à Região Metropolitana de Belém, o número de roubos nos primeiros 100 dias apresenta redução de 46%, comparado ao mesmo período do último ano, com 6.652 casos a menos. Foram registradas 21.492 ocorrências de roubos nos primeiros 100 dias de 2018 e 14.840 em 2019. Esse é, também, o melhor índice de redução no comparativo dos 100 primeiros dias desde 2010.

Em Belém, a redução foi de 29% nos casos de roubo nos primeiros 100 dias, no comparativo dos anos de 2018 e 2019, com 4.875 casos a menos. Em 2018, foram registrados 14.769 ocorrências de roubo, enquanto que, nesse ano, 9.894 casos foram computados. A capital também demonstra maior redução nos primeiros 100 dias desde 2010.

As ações preventivas e ostensivas realizadas pela segurança pública ao longo dos 100 dias de gestão, no Estado, resultaram no aumento do número de prisões, apreensões e autuações por tráfico de drogas. O ano de 2019 apresenta a taxa mais significativa no número de procedimentos por tráfico de drogas registrada desde 2010. Em comparação aos 100 primeiros dias dos dois últimos anos, totalizam 1.871 procedimentos esse ano e 1.729 no ano passado.

Na RMB, 606 procedimentos por tráfico de drogas foram registrados no ano de 2019, nos 100 primeiros dias. No mesmo período, em 2018, foram computados 313 procedimentos. O ano de 2019 apresenta o melhor índice dos últimos dez anos, no comparativo dos 100 primeiros dias.

Em Belém, 394 procedimentos foram computados em 2019. No mesmo período do último ano, 200 haviam sido registrados. A capital, no ano de 2019, tem também a melhor taxa de procedimentos por tráfico de drogas desde 2010.

Para o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Pará, Ualame Machado, a avaliação dos 100 primeiros dias de 2019 é positiva. “Trabalhamos com os índices de crimes violentos, que é o que preocupa muito a população e as forças de segurança pública. Tanto nos dados de homicídio quanto nos de roubo tivemos quedas consideráveis, se nós compararmos os últimos dez anos, as melhoras são significativas”, disse.

 Com informações da Agência Pará