Início BACANA NEWS Governo fecha parceria para melhorar a gestão da rede estadual de ensino

Governo fecha parceria para melhorar a gestão da rede estadual de ensino

Compartilhar

Foto: Marco Santos/Agência Pará

O governador do Pará, Helder Barbalho, assinou, na tarde desta segunda-feira (27), em São Paulo, um acordo de cooperação técnica com o Instituto Lemann, para formar lideranças escolares da rede estadual de ensino. O acordo não prevê ônus para o Estado do Pará e tem como foco o desenvolvimento do programa “Gestão Pública”.

O Instituto Lemann atua em rede com o Instituto da Humanize, o Instituto República e o Instituto Brava, organizações da sociedade civil, idealizadoras e executoras do projeto “Aliança para liderança de impacto”, que tem por objetivo contribuir para que pessoas altamente capacitadas ocupem cargos de liderança no governo e no terceiro setor.

Ao propor o acordo, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), vai formar lideranças e identificar os educadores aptos a colaborar na gestão escolar. A idéia é realizar um trabalho contínuo focado na construção de ambientes pedagógicos necessários à melhoria da qualidade do ensino no Pará.

“Estamos muito animados em fazer esse acordo com o estado do Pará, para que possamos avançar no tema da gestão de pessoas e profissionalização do serviço público. Com certeza, fará uma grande diferença na área da educação, com a perspectiva de estender para outras áreas”, destacou o diretor-presidente do Instituto Lemann, Denis Mizne.

Já a diretora executiva do Instituto Humanize, Geórgia Pessoa, analisa que esse é um momento único e oportuno para que o Pará possa desenvolver suas potencialidades e melhorar a oferta do serviço público em diferentes áreas.

“Nós, da Humanize, acreditamos muito nesse arranjo de alianças, de colaboração, em cima do que é prioridade para o governo. Estamos muito felizes em poder contribuir, até porque já temos um trabalho iniciado no Pará, no que se refere à questão da sustentabilidade, e queremos poder ajudar ainda mais”, enfatizou.

As formações que são fruto da parceria começam no segundo semestre e devem ser concluídas até janeiro de 2020.

Com informações da Agência Pará