Início BACANA NEWS Dinheiro tem, mas pontos de ônibus são abandonados pelo Zenaldo

Dinheiro tem, mas pontos de ônibus são abandonados pelo Zenaldo

Compartilhar

Prefeitura de Belém teve R$ 67,5 milhões para gastar com transporte coletivo em 2018. Será possível que não sobrou um centavo para recuperar as 1.500 paradas de coletivo?
Este ano, serão cerca de R$ 72,2 milhões para a mesma função. Será que não sobra?
Mas o prefeito tentou terceirizar o serviço em uma concorrência pública onde oferecia pela troca de reformas e construções de ônibus o direito de uma empresa utilizar os espaços para propaganda e comercializa-los.
Mas uma primeira licitação sobre isso deu deserta, ninguém se interessou porque certamente o custo de refazer todos os postos deve ser alvo altíssimo já que não houve, ou se houve foi absolutamente precária, a manutenção e reposição desses abrigos. A prefeitura estaria formatando uma outra licitação.
É a Belém de hoje.