Início BACANA NEWS Começa segunda etapa da pesquisa epidemiológica sobre perfil da Covid-19 no Pará

Começa segunda etapa da pesquisa epidemiológica sobre perfil da Covid-19 no Pará

Compartilhar

Foto: Marcelo Seabra / Ag. Pará

Os estudantes de enfermagem da Universidade do Estado do Pará (Uepa) começaram, na manhã desta terça-feira (4), a segunda etapa da pesquisa epidemiológica que faz um levantamento de informações sobre a infecção pelo novo coronavírus nos paraenses. Ao todo, nessa nova fase, serão 37 bairros da capital e 14 bairros em Ananindeua e 227 profissionais envolvidos, entre estudantes e professores.

Segundo Clay Chagas, vice-reitor da Uepa, a pesquisa gera informações mais qualificadas que irão servir de base para a implementação de políticas públicas. “Nesse momento, além dos alunos levantarem informações sobre as condições socioeconômicas das pessoas e realizarem os testes, esses estudantes acabam ajudando também como instrumento de informação da ciência para a comunidade”, explica.

Uma das alunas que participa da pesquisa é a Letícia Camargo, acadêmica do 8º semestre de Enfermagem. “A primeira etapa foi bem cansativa, mas muito gratificante. A população agradece muito pela oportunidade de ter acesso ao teste, pois a maioria não tem acesso. Espero que nesta fase tudo ocorra bem e que nós possamos ajudar mais uma vez no levantamento dessas informações”, ressalta a universitária.

A dona de casa Telma Santos mora no bairro do Guamá, em Belém, e diz que a pesquisa ajuda os moradores dos bairros periféricos a entenderem melhor o cenário da doença no Pará. “Eu tive sintomas da doença, agora confirmei com o teste que tive mesmo a Covid-19 e tenho os anticorpos. Não tive acesso ao teste antes e, por isso, achei ótima essa pesquisa”, declara.

A segunda etapa da pesquisa epidemiológica vai até a próxima segunda-feira, 10 de agosto.

Os resultados da primeira fase

Na primeira etapa da pesquisa, foram feitas 8.587 entrevistas em todas as oito regiões de regulação do Estado. Além do questionário, foi realizado o teste rápido.

No estado do Pará, um em cada cinco habitantes testaram positivo para a Covid-19. O número equivale a cerca de 1,3 milhão de pessoas que já possuem anticorpos para a doença ocasionada pelo novo coronavírus, o que representa uma positividade global de 21% e garante que grande parcela da população já foi infectada pela doença.

Os números gerais da pesquisa demonstram que 21% da população pesquisada, com mais de 12 anos, teve contato com o vírus no Estado; 78,5 testaram negativo e 0,5, inconclusivo. Esse resultado foi analisado dentro de uma amostra de mais de 8,5 mil testes realizados, com margem de erro menor que 3%. A amostragem da pesquisa foi composta por 63,3% de moradores da área urbana e 36,7% da área rural. Leia mais aqui.

Por Agência Pará