Início BLOG DO BACANA CAMPANHA “NOSSO NEGÓCIO É SALVAR VIDAS” DOA 2.500 KITS DE MEDICAMENTOS À...

CAMPANHA “NOSSO NEGÓCIO É SALVAR VIDAS” DOA 2.500 KITS DE MEDICAMENTOS À SECRETARIA DE SAÚDE DE MARABÁ

Compartilhar

Foto: Divulgação

Resultado da Campanha “Nosso negócio é salvar vidas”, a ACIM (Associação Comercial e Industrial de Marabá) e seu órgão permanente, o CONJOVE (Conselho de Jovens Empresários), entregaram na manhã desta quinta-feira, 21, à Prefeitura de Marabá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 2.500 kits de medicamentos doados pelo empresariado marabaense.

Mesmo diante das dificuldades ora enfrentadas, com o fechamento de boa parte dos estabelecimentos do comércio e serviços, os empresários não deixaram de atender ao chamamento para ajudar no socorro à população, não se omitiram e já doaram à campanha mais de R$ 200 mil, o que possibilitou a aquisição dos 2.500 kits.

Fazem parte de cada kit os medicamentos hidroxicloroquina, zinco, cloroquina e ivermectina, que poderão ser retirados por pacientes, no Hospital Municipal de Marabá (HMM), mediante receita médica. A doação auxilia sobremaneira no tratamento da covid-19.

O secretário municipal de Saúde Luciano Dias, afirma que atualmente a saúde é, mais do que nunca, responsabilidade de todos. “Além do município ter uma responsabilidade imediata, a população se sente responsável. E isso é uma grande demonstração, hoje, com a entrega dos kits de medicamentos”, destaca ele.

“Isso, para nós, é uma vitória. Saber que a população, através dos empresários de Marabá, se importa com essa causa, dando a relevância necessária a fim de que possamos fazer o melhor para nossa população”, salienta o secretário, lembrando que, “o tratamento é sinônimo de cura para as pessoas”.

Assim, o município vai envidar todos os serviços para que, os pacientes que manifestarem sintomas do novo coronavírus – febre, tosse seca, cansaço, dificuldade de respirar ou falta de ar, diarreia, entre outros – e estiver com receita médica, tenha medicação para pronta entrega e comece o tratamento, para que a cura venha sem mais problemas.

Raimundo Nonato Araújo Júnior, presidente da ACIM, afirma que a Associação Comercial, assim como a classe empresarial, está bastante motivada para as doações, uma vez que a causa é nobre, sendo o projeto da entidade salvar vidas. “Nós temos buscado apoio de pessoas de bem, empreendedores do coração bom, que entendem que a participação de todos. Com isso, a luta contra essa pandemia vai permitir sair muito mais rápido desse lockdown, desse momento de fechamento de comércio, dentro do nosso Estado e, principalmente, aqui no nosso município”, vislumbra ele.

A entrega dos 2.500 kits hoje foi simbólica, com o repasse dos 200 primeiros, mas, a previsão é de que na próxima terça-feira, dia 26, todos os 2.500 kits já estejam no município e, consequentemente, na SMS. “Isso é uma contribuição de todos os empresários que participaram da campanha, profissionais liberais, pessoas físicas, que têm nos ajudado, junto com a ACIM, CONJOVE, Câmara Setorial de Saúde, para desenvolver essa campanha. Se você não participou ainda nos procure e veja nossas redes sociais. Faça sua doação! É uma causa nobre, porque vai salvar muitas vidas”, conclama Raimundo Júnior.

O secretário municipal de Indústria, Mineração e Comércio, Ricardo Pugliese, sublinha que o mais importante da participação do empresariado de Marabá no combate à pandemia é a credibilidade demonstrada pela prefeitura. “Trata-se da certeza que tudo isso vai ter uma destinação correta e com responsabilidade. Temos escutado muitas coisas ruins Brasil afora com relação aos recursos destinados à pandemia. Aqui em Marabá temos feito um trabalho que demonstra que o empresariado quer ajudar, e ainda que o trabalho é sério e, com toda a certeza, vamos sair disso com apoio dado por esse empresariado”, avalia Pugliese.

Para o presidente do CONJOVE, Ergino Ferreira, é uma forma que o setor produtivo encontrou de juntar esforços com o Poder Público para ajudar no combate à pandemia. E também uma maneira de devolver à sociedade de Marabá o que ela tem proporcionado às empresas.

“Quero agradecer a Deus pela oportunidade de poder conduzir essa campanha. Agradecer a todas as empresas que contribuíram. O apoio de cada uma é muito importante para a compra de medicamentos, EPIs e o que mais for necessário ao combate ao vírus. Dessa forma vamos estar ajudado à comunidade de Marabá e região”, declarou ele.

Na opinião do vice-presidente do SINDICOM (Sindicato do Comércio de Marabá), Raimundo Alves Neto, que também faz parte da Diretoria da ACIM, é uma ação de grande importância para o município, iniciativa louvável e também, mostra para a sociedade que a classe empresarial está preocupada com a saúde de todos. “Entendemos que precisamos abrir o comércio, mas, para isso é necessário que se tenha estrutura no campo de atendimento da saúde das pessoas”, afirma ele.

“Não adianta você abrir o comércio se não há clientes porque os clientes estão doentes. Pensando nisso, também resolvemos ajudar o prefeito e à comunidade, para que as pessoas possam estar mais imunes a esse vírus. Há uma adesão muito boa por parte do empresariado, é uma iniciativa muito interessante, temos doações que vão de R$ 100,00 a R$ 30 mil. Isso é muito louvável”, elogia Neto. ASCOM/ACIM (Com informações da Ascom PMM)