Início BACANA NEWS Campanha garante transfusão de sangue para mais de 4,5 mil pacientes

Campanha garante transfusão de sangue para mais de 4,5 mil pacientes

Compartilhar

A campanha “Salvar Vidas Está no Meu Sangue”, promovida pelo Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), que começou dia 24 de novembro, e encerrou no sábado, 1° de dezembro, com programação especial  contou com sanduíche personalizado em homenagem ao doador de sangue, abraço simbólico ao prédio do hemocentro e campanha interna com jovens e pais do projeto “Escola da Vida” do Corpo de Bombeiros do Pará.

A ação estratégica foi realizada para reforçar o estoque de sangue e viabilizar o atendimento integral das solicitações transfusionais da rede hospitalar pública e privada do Estado, que corresponde a mais de 200 unidades de saúde. Somente em Belém são 95 hospitais. Em cinco dias de campanha foram registrados 1.471 comparecimentos, que resultaram em 1.126 coletas que vão possibilitar o atendimento de mais de 4.500 pacientes.

Na sexta-feira, 30, a campanha contou com o apoio de 17 alunos da Escola Estadual de Ensino Médio “Raymundo Vianna”, sendo que 14 deles efetivaram a coleta de sangue. Eles fazem parte do projeto “Eduque seu coração. Doe sangue, doe vida”, idealizado pela professora de Português Ocinei da Silva Siqueira, 49. “Meu maior sonho era ser doadora de sangue mas, por problema de saúde eu não posso doar. Por isso passei a incentivar meus alunos. E assim nasceu a ideia do projeto na sala de aula”.

O projeto já tem dois anos. “Quando os alunos terminam o 3° ano e me encontram pela rua, eles comentam que continuam sendo doadores de sangue. Isso me emociona muito”, diz orgulhosa.

O estudante Tiago Augusto, 18, aceitou o convite da professora e realizou sua primeira doação. “Me sinto muito feliz por doar sangue pela primeira vez. É um ato de cidadania e de amor ao próximo. Meu sangue vai salvar pessoas que não me conhecem. É gratificante ser um cidadão consciente dos meus atos”, relatou o jovem que prometeu, a partir de agora, doar sangue regularmente.

A movimentação na sede do Hemopa foi grande. Houve oficinas promovidas pelas Chefs Ana Pinheiro e Ana Regina Gonçalves, do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), para produção de saladas e sanduíches com produtos orgânicos. A ação foi aberta para o público e servidores que, ao final, degustaram a produção.

Houve ainda Feirinha para comercialização de verduras, legumes, frutas e polpa de frutas orgânicos, além de peixes, camarão, mexilhão, molhos de pimenta regional, tucupi, goma de tapioca, entre outros produtos regionais, que fizeram muito sucesso com as vendas a preços acessíveis.

Nesta sábado, os doadores poderão desfrutar de lanche especial, com a produção de um sanduíche em homenagem ao doador de sangue feito especialmente pelo Chef Otaviano Roma, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Durante o dia, pais e filhos da “Escola da Vida” estarão presentes. Os que forem maior de idade vão doador sangue e quem ainda não estiver enquadrado na faixa etária da doação de sangue ajudará no abraço simbólico ao prédio do hemocentro, em adesão à causa da doação de sangue.

Para ser um candidato à doação de sangue é necessário ter entre 16 e 69 anos (menores devem estar acompanhados do responsável legal), ter mais de 50 kg, estar bem de saúde e portar documento de identificação oficial, original e com foto. Homens podem doar com intervalo de dois meses e mulheres, a cada três meses.

Na Região Metropolitana de Belém, as doações de sangue podem ser feitas de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados, de 7h30 às 17h, tanto no Hemocentro Coordenador (Padre Eutíquio, 2109) quanto na Estação de Coleta Castanheira (acesso pelo Pórtico Metrópole). De segunda a sexta-feira, de 10h às 17h, na Estação de Coleta Pátio Belém, no primeiro piso do Shopping Pátio Belém, dentro da Estação Cidadania. Toda última semana do mês, o Hemopa também está na Estação Cidadania Icoaraci (Lopo de Castro, 78). Mais informações: 0800 280 8118.