Início BACANA NEWS Aulas presenciais em escolas públicas de Nova York são interrompidas

Aulas presenciais em escolas públicas de Nova York são interrompidas

Compartilhar

Foto: Roy Rochlin/Getty Images

Desde quinta-feira (19), o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, interreompeu as aulas presenciais nas escolas públicas do distrito escolar da cidade, o maior dos Estados Unidos (EUA).

Esta é a mais recente medida restritiva para conter o avanço das infecções por covid-19. A decisão ocorre no momento em que autoridades governamentais em dezenas de estados reforçam ou implementam medidas de isolamento.

Isso em meio a uma taxa sem precedentes de novas infecções pela doença, que vêm sendo registradas conforme o país se aproxima do inverno.

Depois de uma queda drástica durante o verão, a taxa de testes positivos da cidade de Nova York tem aumentado constantemente. Já os números de novos casos positivos e hospitalizações dispararam em outras regiões nas últimas semanas.

O número de pacientes hospitalizados com covid-19 ultrapassou 75 mil na terça-feira, estabelecendo novo recorde em todo o país. Foram relatadas 1.596 mortes nos EUA, mais do que em qualquer dia desde 27 de julho, elevando o total para 248.898 desde o início da pandemia.