Início BACANA NEWS 100 milhões em desvio da prefeitura de Tucuruí fazem ex prefeito Sancler...

100 milhões em desvio da prefeitura de Tucuruí fazem ex prefeito Sancler fugir

Compartilhar

13 pessoas foram acusadas de participação em  fraudes de licitações da Prefeitura de Tucuruí onde a justiça decretou a prisão preventiva dos acusados.

Em uma operação conjunta das polícias Civil e Militar houve a prisão de 10 pessoas em Belém e Tucuruí. De acordo com  os promotores, a investigação iniciou no Ministério Público Federal (MPF), que seguida foi encaminhada para o MPE, uma vez que caracterizou-se desvio de recursos dos cofres estaduais e municipais.A investigação se refere a um esquema de máquinas pesadas que foram superfaturadas de 2010 a 2015.

Através da quebra de sigilo telefônico e fiscal na última terça houve a constatação que a verba pública era distribuída entre várias contas manipuladas entre diversos réus. Com isso, a Justiça determinou o bloqueio dos bens das pessoas físicas e jurídicas  envolvidas.

De acordo com o MPE, foram desviados mais de R$ 100 milhões em valores corrigidos por meio de processos licitatórios fraudulentos envolvendo a empresa Construpar.

Alguns dos acusados estão foragidos como é  o caso do ex-prefeito Sancler Ferreira. A polícia foi aos dois endereços de Sancler em Tucuruí e ele não estava. Em seu apartamento, em Belém, só estava a esposa. A partir de agora é considerado foragido da Justiça, afirmou  o promotor Carlos Alberto.

 

Luana Pantoja, que trabalhava na Secretaria de Finanças, foi presa e encaminhada para o Presídio Feminino de Marabá.